Analfabeto Financeiro, eu?

Atualizado: 23 de Jan de 2020

Segundo Raio X do Investidor de 2019 divulgado pela Anbima, a POUPANÇA continua sendo o produto preferido entre os investidores: 88% dos brasileiros que investem, guardam dinheiro na caderneta. Quem são essas pessoas? É você?


Nossa taxa básica de juros, a SELIC, está em 4.5% ao ano. Neste cenário, a poupança rende 3.15% ao ano. Repito, 3.15% ao ano. A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA, encerrou 2019 em 4.31% ao ano. Sabe o que isto significa, especialmente a longo prazo?

Muitos justificam a poupança visto que privilegiam a liquidez diária (capacidade de transformar a aplicação financeira em dinheiro com rapidez, que é realmente importante para parte da carteira), todavia, os brasileiros mantêm seus investimentos, em média, por nove anos!

Os títulos públicos, cuja aplicação pode ser feita na internet pelo Tesouro Direto e estão entre os investimentos mais seguros do país, têm 3% do público e prevalecem nas cidades de capital. Na lanterna, estão as ações e as moedas estrangeiras, ambas com 2% dos investidores. 

Educação financeira é assunto sério! E saber cuidar do dinheiro é muito mais do que manter o saldo positivo. Este é um passo de tantos outros posteriores. O dinheiro é o responsável por fazer a ponte entre as ambições do presente e as conquistas do futuro. O dinheiro determina seu sono, suas relações pessoais e profissionais.

Seja franco com você mesmo: o que você sabe sobre planejamento financeiro e de investimentos? Dê uma olhada em algumas perguntas feitas neste mesmo estudo divulgado pela Anbima e responda por aí.

1) Você possui R$ 100,00 em investimentos que rendem 2% ao ano. Depois de cinco anos, qual será o saldo da aplicação? a)mais do que R$ 102 b)menos do que R$ 102 c)exatamente R$ 102.

7% da amostra de brasileiros não soube responder e outros 18% erraram.

2) Imagine que o rendimento de seu investimento é de 1% ao ano e a inflação foi de 2% ao ano. Depois de um ano, quanto você acha que poderá comprar com o dinheiro que ficou aplicado nesse período? a)mais do que hoje b)menos do que hoje c)exatamente o mesmo que hoje.

Metade da população (50%) indicou a resposta errada ou não soube responder.

3) Diga se a afirmação é verdadeira ou falsa: comprar ações de uma única empresa gera um rendimento mais seguro que um fundo de ações? a)verdadeiro b)falso c)não sabe.

15% não souberam responder e outros 29% erraram.

Outra pergunta feita ao público foi: Existe um valor mínimo para comprar ações? 45% dos entrevistados colocou que é necessário, no mínimo, R$ 1.000,00 para começar na bolsa de valores. Com menos de R$ 10 seria possível comprar uma ação da Usiminas, que hoje subiu 13.93% (sim, em 1 dia)... o que te impede?

70% dos brasileiros vão pessoalmente até o banco para aplicar efetivamente seu dinheiro. Em 2020 isto é mesmo necessário? E é o melhor local para você ter um suporte sobre este assunto? Meu objetivo aqui é trazer mais perguntas do que respostas.

Vejam bem, eu entendo muitos desses números, sei das raízes que os produzem, mas gostaria de convidar você que está lendo isso a não se limitar. Convido você a se alfabetizar financeiramente. MOVA-SE. Você pode e você precisa.

Um número final: 75% dos brasileiros não fizeram nenhum investimento em 2018. Viver não deveria ser mais do que pagar boletos?


#mercadofinanceiro #consultoriafinanceira #investimentos #planejamento

124 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo